Prevalência da hipertensão arterial no Brasil


Os dados estatísticos mais recentes no Brasil mostram que 23,3% da população brasileira é hipertensa. Esta estimativa foi levantada em 2010 através de entrevistas com 54.339 adultos nas 26 capitais e no Distrito Federal, conduzida pela Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) para o Ministério da Saúde, em parceria com o Núcleo de Pesquisa em Nutrição e Saúde da Universidade de São Paulo (NUPENS/USP).

Hipertensão arterial afeta quase 1/4 da população no Brasil. Imagem: http://umaeenews.blogspot.com

Estes dados mostram um aumento na prevalência da hipertensão arterial em comparação a um levantamento semelhante feito em 2006. Na época, a proporção de brasileiros diagnosticados com hipertensão arterial era de 21,6%. Por outro lado, é discretamente inferior ao levantamento feito em 2009 que mostrava que 24,4% da população era hipertensa.

A pesquisa de 2010 mostra ainda que mais mulheres têm diagnóstico de hipertensão arterial (25,5%) em comparação a homens (20,7%). De acordo com o Ministério da Saúde, esta discrepância é um reflexo da maior procura das mulheres pelo atendimento primário. Como esperado, o diagnóstico da hipertensão arterial aumentou com a idade, afetando cerca de 8% dos indivíduos entre os 18 e os 24 anos de idade e mais de 50% com idade igual ou acima de 55 anos.

Outra informação do levantamento foi uma associação inversa entre o nível de escolaridade e diagnóstico que é mais marcada na população feminina: enquanto 34,8% das mulheres com até oito anos de escolaridade referem diagnóstico de hipertensão arterial, a mesma condição é observada em apenas 13,5% das mulheres com doze ou mais anos de escolaridade.

Prevalência de hipertensão arterial por estado brasileiro (Ministério da Saúde):

 

Homens

Estados com maior frequência de hipertensão arterial

  • Distrito Federal (28,8%)
  • Belo Horizonte (25,1%)
  • Recife (23,6%)

Estados com menor frequência de hipertensão arterial

  • Palmas (14,3%)
  • Boa Vista (14,6%)
  • Manaus (15,3%)

 

Mulheres

Estados com maior frequência de hipertensão arterial

  • Rio de Janeiro (33,9%)
  • Porto Alegre (29,5%) 
  • João Pessoa (28,7%)

Estados com menor frequência de hipertensão arterial

  • Palmas (13,2%)
  • Belém (17,4%) 
  • Distrito Federal (18,1%)

 

Portal da Saúde. Ministério da Saúde do Brasil. [Citado em maio de 2013]. Link para a página.

mai 23, 2013 by

Envie seu comentário (não utilize este formulário para envio de dúvidas)

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>