Uma paciente de 33 anos, com diagnóstico de hipotireoidismo há 6 meses, comparece à primeira consulta com um novo médico. Ela faz uso regular de levotiroxina 100 mcg ao dia, porém vem apresentando astenia importante e dificuldade de concentração. O médico não tem acesso ao prontuário da paciente, mas ela traz à consulta os primeiros exames realizados ao diagnóstico: TSH 0,03 mU/L (referência 0,40 a 4,5 mU/L), T4 livre 0,2 ng/dL (referência 0,8 a 1,8 ng/dL) e ressonância magnética de sela túrcica normal. Ao exame físico, apresenta pele seca, edema periorbitário, tireoide impalpável e reflexos profundos lentos. O médico solicita novos exames que mostram TSH 0,04 mU/L e T4 livre 0,6 ng/dL. A conduta mais adequada para esta paciente é:


(A) Aumentar a dose da levotiroxina

(B) Manter a dose da levotiroxina

(C) Reduzir a dose da levotiroxina

(D) Suspender a levotiroxina e iniciar metimazol

(E) Solicitar anticorpos antitireoidianos

ID#1212

CLIQUE PARA A RESPOSTA

jan. 28, 2015 by

Envie seu comentário (não utilize este formulário para envio de dúvidas)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *